Featured Posts

Untitled ngg_pictures
Veja mais
Topo
27 ago

Saiba tudo sobre nossa participação no World Water Week!

 

Como sempre falamos, nossa moda é sem ponto final, feita para durar bem e fazer bem para o planeta e para as pessoas. Estamos constantemente procurando inovações e soluções para diminuir nosso impacto ambiental, principalmente em relação ao uso de água. Esse raciocínio sustentável já faz parte dos nossos processos e é reconhecido por muitas áreas mundialmente. E este ano fomos convidados para participar da World Water Week!

 

A World Water Week, ou Semana Mundial da Água, é um dos maiores eventos sobre questões globais da água. Esse ano, a conferência foi totalmente digital e aconteceu entre os dias 23 e 27 de agosto. Participamos no dia 25, no Painel “Water Footprint Tool: helping companies to achieve water resilience” (Ferramenta da Pegada Hídrica: ajudando empresas a alcançarem resiliência da água). Confira o restante da matéria e saiba tudo sobre nossa participação!

 

Sobre o evento

 

Organizado pela SIWI (Stockholm International Water Institute) desde 1991, o evento sem fins lucrativos reúne especialistas e organizações do mundo todo para encontrar e trocar soluções em relação aos desafios relacionados à água.

 

É um movimento para compartilhar experiências, aprendizados para tomada de decisões em prol do futuro do planeta. Esse ano o tema foi “Building Resilience Faster”: Como a água pode nos ajudar a enfrentar os maiores desafios do mundo, como a crise climática, a pobreza e a perda de biodiversidade?

 

Nossa participação

 

Taise Beduschi, gerente de Sustentabilidade do Grupo Malwee, se uniu a outras especialistas do Brasil e da Colômbia para apresentarem casos de sucesso em relação a ferramentas para mensurar a pegada hídrica. Além
disso, elas também falaram sobre as principais barreiras e desafios para adoção de estratégias para gestão da água na cadeia produtiva das empresas.

 

Pegada hídrica, assim como pegada de carbono, é uma forma de calcular a quantidade de água utilizada por empresas, pessoas, produtos e até países. Atualmente, o Grupo Malwee utiliza a Avaliação de Ciclo de Vida Organizacional como ferramenta para esse e muitos outros cálculos.

 

Veja os principais pontos que Taise abordou:

 

Avaliação de Ciclo de Vida


Sempre pensamos em matérias-primas e processos com menor impacto ambiental para desenvolver nossas coleções. Já trabalhamos com algodão desfibrado, poliéster reciclado, entre outras matérias-primas há vários anos. Mas uma pergunta sempre nos inquietava: “Nossas iniciativas são realmente mais sustentáveis? ”

Quantificar o impacto dos nossos produtos se tornou uma meta no nosso plano de sustentabilidade. E a forma mais eficaz encontrada foi por meio da Avaliação de Ciclo de Vida Organizacional, ou ACV Organizacional.

Essa é uma metodologia que coleta dados de toda a cadeia de processos para calcular se as iniciativas são realmente sustentáveis. Aplicamos essa ferramenta nos seguintes parâmetros: Mudanças climáticas, uso da água, demanda de energia renovável e uso da terra.

E tivemos boas notícias em relação a nossa pegada hídrica: Apesar da nossa produção ter aumentado nos últimos anos, conseguimos reduzir 10% de água por peça, como mostramos no nosso último relatório de sustentabilidade. Isso tudo foi possível devido a investimento e ações inovadoras, como o LAB Malwee Jeans que faz o Jeans mais sustentável do Brasil com apenas 1 copo de água na produção de uma calça, por exemplo.


Conscientização e a Importância da Água

 

O setor têxtil é responsável por 20% da poluição da água no mundo e por isso, estamos constantemente procurando formas de reduzir nosso impacto ambiental.  A crise hídrica já é muito alarmante e atualmente, nem precisamos consultar a Internet para perceber a escassez da água no mundo.


Taise pontuou que, para o lado das empresas, é interessante investir em ferramentas para redução de água tanto por uma questão de processos, como também uma oportunidade para atender as demandas do consumidor por produtos mais sustentáveis. Vemos a conscientização cada vez maior, pois água é um bem que afeta todas as pessoas! Se falta água para o dia a dia, como consumir produtos que contribuem com a escassez hídrica?

E se não tem água para todos, como será possível produzir? É uma longa jornada – mas muito importante – criar processos mais sustentáveis e aprimorar isso constantemente na produção. Taise comentou sobre nossa história em relação à água: desde 2003 pensávamos sobre reuso de água nos processos de tingimento e preservação de mananciais. No começo, tínhamos uma porcentagem pequena, mas hoje conseguimos chegar a um pico de 28% de reuso de água! E queremos melhorar isso cada vez mais.


Nossa Missão

Por fim, Taise concluiu que é muito importante ter inovação, visão sistêmica e transformação do padrão de consumo para que seja possível diminuir a escassez hídrica. Ou seja, é importante entender sua produção de forma ampla para que seja possível compensar diferentes pontos que possam prejudicar outros.

Há mais de 50 anos já falávamos sobre preservação de recursos naturais e continuamos a levantar essa bandeira com muito orgulho! Essa é nossa forma de transformar e mostrar aos nossos clientes que é possível ter uma moda mais sustentável.

Ficamos muito felizes em participar do World Water Week e em conscientizar as pessoas cada vez mais. A gente acredita numa moda mais sustentável, mais justa, numa moda sem ponto final

Sem comentários

Deixa sua resposta

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial